Nossa História

Como tudo começou?

O CAM começou pequeno, em Copacabana, com o intuito de atender a um núcleo de mulheres
interessadas em se atualizar no que se lia nas páginas dos jornais. Para atender este público, a
administradora Ana Maria Medrado Dias, criou o mais tradicional curso de cultura geral montado no Rio de Janeiro.

Em 1985, o CAM precisou de mais espaço e partiu para Ipanema, marcando seu lugar junto à Faculdade Candido Mendes. Mudarmos de endereço, mas não mudaram os objetivos: informar, crescer e aprimorar. Em 1997, após 12 anos na Faculdade Candido Mendes, fomos para um espaço próprio, também em Ipanema. Por esta época, o curso atingia o público da Zona Sul, Tijuca, Laranjeiras e Ilha do Governador. Ao ampliar o seu campo de atuação, o CAM abriu um espaço também para mulheres de uma faixa etária mais jovem e que atua ativamente no mercado de trabalho.

Até o ano de 2003, O CAM se manteve neste endereço, atento aos temas mais atuais sobre o que acontece no Rio, no Brasil e no mundo. Além das palestras, O CAM passou a organizar idas ao teatro e a museus, excursões e viagens para dentro e fora do Brasil, resultando na abertura da CAM TOUR, agência de turismo especializada em Turismo Cultural. Já em 2009 encontrou o CAM de mudança para um novo espaço, o Colégio Notre Dame de Ipanema, consolidando-se e desenvolvendo inúmeros projetos, buscando parcerias e convênios com empresas, associações e escolas, crescendo dia-a-dia.

Nosso corpo docente mantém alguns dos profissionais mais experientes e qualificados do Rio de
Janeiro. O que nos permite falar acerca de assuntos dos mais diversos, de forma clara e didática,
explorando novas abordagens, propondo reflexões e lançando ideias. Característica que consolidou-nos como um espaço de referência no ato de pensar, refletir e criar.

 

 

Aprender é descobrir aquilo que voce já sabe. Ensinar é lembrar aos outros que eles sabem tanto quanto você.
Richard Bach